Clínica de urologia e proctologia Geyer
Médico Urologista


Médico Urologista

Médico urologista em porto alegre.
Atendimento em Porto Alegre e região.

Câncer de prostata

Câncer de próstata

O câncer de próstata é, infelizmente, uma afecção muito comum entre os homens. São mais de dois milhões de casos por ano só no Brasil.

Isso reflete, não só que a doença é agressiva e pode acontecer com qualquer um, mas também é um indicativo de que os exames preventivos, se levados mais à sérios e realizados periodicamente, poderiam diminuir a ocorrência dos casos.

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre o câncer de próstata e sobre a importância dos exames periódicos como estratégia de prevenção.

O que é próstata?

A próstata é uma glândula presente somente nos homens. Sua localização é abaixo da bexiga, envolve a uretra e se posiciona bem em frente ao reto.

Essa glândula é parte do sistema reprodutor masculino, uma vez que produz um líquido que contribui para a formação do sêmen e, também, no transporte dos espermatozoides no momento da ejaculação.

A próstata também é o local em que a testosterona se transforma em diidrotestosterona, que controla o crescimento da glândula.

Na infância, a próstata cresce pouco. Quando o menino atinge a puberdade, época em que a produção de hormônios passa a ser mais evidenciada, o crescimento da glândula começa a ocorrer de maneira mais acelerada.

Por volta dos 20 anos, a glândula é do tamanho de uma ameixa e pesa cerca de 20 gramas. No entanto, a partir dos 31 é notado um aumento de 0,4 gramas por ano.

Portanto, o crescimento natural da próstata está intimamente relacionado ao avanço da idade.

Quando há uma alteração neste crescimento, nos casos de câncer ou de hiperplasia benigna, a glândula pode chegar a 100 gramas.

O câncer de próstata: incidência e principais sintomas

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais comum no Brasil. Ele perde apenas para o câncer de pele não-melanoma.

A incidência maior de câncer de próstata acontece nas faixas etárias dos 41-60 anos e acima dos 60 anos. Porém, isso não significa que homens jovens não possam desenvolver a doença.

Quanto mais jovem o homem que apresentar desenvolver a doença, maior a possibilidade da presença do fator hereditário.

Nos estágios iniciais, o câncer de próstata é assintomático, por isso a prevenção é fundamental para a saúde masculina. Quando os primeiros sintomas aparecem, o estágio da doença costuma estar mais avançado do que se gostaria.

Entre os principais sintomas da doença, estão:

  • Problemas de ereção, ou seja, dificuldade de iniciar e/ou manter a ereção. Esta, também, pode ser dolorosa.

  • Dificuldade na micção, com ou sem a presença de sangramentos na uretra

  • Dores lombares.

  • Dor nos quadris, entre outros.

Na verdade, conforme a doença se agrava, outros sintomas adicionais podem surgir.

Diagnóstico do câncer de próstata

O diagnóstico do câncer de próstata é feito por intermédio de exames laboratoriais, de imagem, e do exame de toque.

É necessário um exame de sangue que dosa o PSA. Em linhas gerais, as alterações dos níveis de PSA no sangue indicam que algo está errado. No entanto, isso não é regra!

O PSA aumenta de acordo com o avanço da idade dos homens, porém nem todos que apresentam aumento destes níveis são portadores da doença. Do mesmo modo, uma boa porcentagem de homens diagnosticados com o câncer de próstata não apresenta alterações dos níveis de PSA.

O exame de toque retal, por exemplo, também é fundamental para detectar o aumento da próstata, mas, assim como o exame de dosagem de PSA, apenas sugerem a necessidade de exames de imagem.

Portanto, há a necessidade de exames complementares que possibilitem que o médico possa fechar o diagnóstico.

Prevenção

Por ser extremamente agressivo e assintomático nos estágios iniciais, a prevenção é o melhor que os pacientes podem fazer para garantir a saúde da próstata.

Os homens devem realizar os exames de PSA e de toque retal a partir dos 30 anos de idade, pelo menos 1 vez ao ano. A partir dos 45, é sugerido que sejam feitos duas vezes ao ano.

Para os pacientes que possuem histórico familiar do câncer de próstata de homens com menos de 60 anos, é recomendável que os exames preventivos sejam feitos a partir dos 45 anos.

Ter hábitos saudáveis de vida, como alimentação balanceada e a realização de atividades físicas, e visitar seu médico regularmente contribuem para manter seu bom estado geral de saúde.